4 de agosto de 2015

Resenha — Enigna por Rita Pinheiro

   Olá, #bookmaníacos. Estou aqui hoje para fazer a nossa primeira resenha depois de séculos sem postar. (Ok, já pedi desculpas). Vamos lá, o livro de hoje é o nacional da autora Rita Pinheiro, chamado: Enigma – Mundo Interdito.

Sinopse

   "Enigma Mundo Interdito", traz a história de Johnny, que após ser salvo de um acidente de avião, se vê num mundo diferente de tudo que ele conhece. Mas, para piorar sua situação, ele não consegue se lembrar de onde veio e nem mesmo seu nome. Na luta para recuperar a memória, descobre coisas e conhece seres que acreditava não existir. E para sobreviver naquele lugar, ele precisa se desenvolver também descobrindo que o impossível não existe desde haja amor entre as pessoas e respeito à natureza. Por fim, encantado com o lugar e com sua salvadora, decide viver essa aventura, se tornando parte desse mundo.

“– Querido, nosso mundo é o mesmo, a diferença é que tem uma neblina em volta de Enigma que engana as vistas de quem está do lado de fora. O seu povo tem uma habilidade incrível de destruir a própria Terra. Se descobrirem isso aqui destruirão tudo em pouco tempo também. ”
Como a sinopse diz, o livro se baseia em Jhonny e em seu pós-acidente de avião. Só para início de conversa, o começo do livro já me deixou aflita por conta do acidente, eu gritei, me desesperei. Desencadeou-se em mim um momento de aflição tão forte que quando ele caiu, pensei na hipótese do personagem morrer, - isso, mesmo sabendo da história. (haha)
Ao ler, lembrei-me imediatamente dos contos antigos de magias e de mundos novos. Foi nostálgico. A história é narrada na terceira pessoa e mostra a passagem de Jhonny, um garoto de 19 anos que ama fanfarronar o que tem em festas com os amigos. Ele é residente numa cidade paulista de Franca, é um verdadeiro galanteador e tem uma lábia ótima para isso. Mesmo se tornando um homem, a irresponsabilidade faz parte de sua vida. Conhecido por causar muitas confusões onde mora, Jhonny não parece se importar muito com a opinião dos outros, principalmente de seus pais e de sua síndica, que está quase com os dois pés na loucura por conta do rapaz.
A trama se inicia quando o amigo de Jhonny ganha uma passagem para viajar para os Estados Unidos, mas os pais dele não o deixam ir. O rapaz vê nisso, uma oportunidade para conhecer mais um pedaço do mundo. Ele pede a passagem para o amigo, porém, o mesmo, tem uma condição para dar. Sua moto deverá ser dada a ele em troca das passagens. Como já mencionei, ele é irresponsável, a prova disso, é que ele aceita a troca, inventa uma desculpa esfarrapada para o seu patrão e organiza as coisas para viajar, sem nem ao menos falar com os pais, - Jhonny não tem uma boa relação com eles.

   Enfim, ele segue o seu rumo sozinho e com um imenso sorriso no rosto por achar que tudo vai mudar depois da viagem. Será?
   O avião passa no Triângulo das Bermudas, daí, acontecem turbulências anormais na aeronave (essa é a parte em que e me desesperei). O menino fica desesperado e toma uma atitude impensada: abre a porta do avião e salta! Isso mesmo! Eu gritei nessa parte. De repente, tem-se a sensação de que ele morreu. Mas assim que o desespero passa, Jhonny se depara numa praia e é salvo por alguns habitantes que moram em Enigma, uma ilha mágica com coisas sobrenaturais nas quais ele nunca viu na vida.
   Ele é salvo necessariamente por Hera, uma nativa do local. Como vimos, o rapaz perde a memória, aí vem um ponto que eu fiquei um pouco confusa. Eu, mesmo sem memória, acho que me desesperaria ao me deparar com um mundo diferente de tudo que conheço, Jhonny parecia calmo...        Bom, isso é apenas um palpita, nada que estrague o desenrolar da trama, que por sinal, é muito boa!
   Nesse tempo, a jovem aprendiz, Hera, recebe a ordem dos anciãos de ajuda-lo a recuperá-la. Com a convivência dos dois, eles acabam se envolvendo, compartilhando um puro sentimento. Em partes, mais adiante, descobrimos que Hera poderia fazer as memórias de Jhonny reaparecerem, mas no fundo, ela teve motivos para não fazer isso: Hera tinha medo de que ele descobrisse e seu mundo fosse destruído, já que os humanos têm a péssima fama de destruidores. Ela queria que Jhonny aprendesse a viver com eles.

   O que eu achei do livro?

   O livro é emocionante! Assim como o personagem principal, nós, como leitores, aprendemos um pouco mais sobre esse novo mundo misterioso e encantador. Podemos ver o avanço tanto em nós mesmos, como no Jhonny que se tornou mais afetivo e respeitoso com as pessoas. Se eu tiver de definir esse livro com uma palavra, essa será: Amor. Até porque sabemos o quanto o amor pode ser destrutivo, mas também sabemos o quanto ele pode mudar as pessoas. E foi isso que aconteceu. Quanto mais o rapaz sabia, mais queria saber. Ele passou a amar o lugar e principalmente a Hera.
 
   Quem não se apaixonaria? Enigma é um mundo onde os sentimentos são maiores do que qualquer coisa material. Onde as doenças não existem e as lutas por poder são proibidas. Um verdadeiro paraíso!

   Aprendi muito lendo esse livro. Ele tem uma mensagem positiva e nos ensina a respeitar os outros, a cultivar o amor e a priorizar os sentimentos! Indico este livro para quem quiser conhecer um mundo novo! Não irão se arrepender!


Gostaram? 
Eu amei, estava morrendo
de saudades de resenhar
pra vocês *-*
Deixem seus comentários!
Beijos de Luz <3

4 comentários:

  1. Olá, tudo bem?!

    Ainda não conhecia esse livro, mas achei a premissa bem interessante. Parabéns pela resenha, está super bem detalhada!!!

    Beijos, And!

    - Tem post novo: Blog Cantinho da And -

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Andressa, tudo bem sim. *-*
      Obrigada, volte sempre. Beijos :*

      Excluir
  2. WOW! Já amei pela capa
    Depois da resenha então..\o/

    maisumleitor.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda mesmo né? Obrigada pela visita, beijos :*

      Excluir

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo