26 de junho de 2014

[BATE-PAPO ENTRE AUTORES] ‎H. M. Stark



   Olá #bookmaníacos!  Hoje temos a sequência do nosso "Bate-Papo entre Autores", com Hugo Mendes Stark.

Contato:

** Instagram: //// ** Facebook: fb.com/hugo.mendes.982
** E-mail: h.m.stark@outlook.com


1- Fale sobre você: 


Eu sou Hugo. Tenho 18 anos, trabalho como estagiário no Detran-Rj, namoro, e estou no terceiro ano do ensino-médio. Escrevo todos os dias, pelo menos um texto por dia. Estou atualmente trabalhando em duas web séries. Uma é fanfic de mitologia grega e a outra é terror. Leio obsessivamente. Tipo, ando na rua lendo igual um retardado.

2- Como e a quanto tempo surgiu a ideia de escrever um livro? 


A ideia de escrever um livro veio como uma semente plantada pelo Tio Martin. Comecei a ler os livros dele (eu já havia lido meia dúzia de livros antes). Aqueles gigantescos livros das Crônicas de Gelo e Fogo. E me apaixonei instantaneamente! Aí decidi escrever, jurando que iria fazer tanto sucesso quanto o Tio Martin. Mas com o tempo eu amadureci e vi que isso não importa (tanto). Fiz da escrita hobby. Um lugar. Pra onde eu iria sempre que a vida não me agradasse. Isso tem um ano e uns dois meses.


3- Pra você, o que significa escrever? 


O que significa escrever... Bem. Significa você pegar um notebook/celular/pc/caneta e papel/parede e sangue/pergaminho e pena e tinta/etc e botar pra fora aquilo que você sente, como uma mensagem a alguém com uma estética razoável ou brilhante. Isso é a definição de arte. Logo, escrever é arte.

4- Fale sobre seu livro, gênero, sinopse (se houver): 


Eu estou escrevendo duas séries, como já disse. Tenho três livros em planejamento, mas estão parados. Estou focando nessas duas séries. E à procura de uma ideia pra um livro de terror. A Guerra dos Imortais é sobre mitologia grega. Vou deixar a sinopse aqui.
"Séculos adormecidos em corpos à mercê do poder indomável do tempo, os antigos deuses da Grécia estão retornando; suas almas imortais presas no interior obscuro de corpos humanos.A sombra da noite se ergue sobra a luz da ascensão dos olimpianos, enquanto uma escuridão de antigos demônios interiores crescem como um tumor feroz.Quando a noite encontra dia, o universo se torna uma arte caótica. E, em meio ao caos, somente os mais sólidos conseguem se manter."
 A outra é de terror. Eu não sei muito falar dela ainda, pois estamos roteirizando ela ainda. Já postamos o primeiro capítulo. Vou deixar o link ali embaixo das duas.
E eis a sinopse de 'As Crônicas das Lágrimas':

"Imagine que, em contratempo à "civilização" dos castelos, duas seitas de selvagens remanescentes de uma era conhecida como Tempos Rubros esfolam, desmembram e, vez ou outra, é dito, comem seus prisioneiros. Lordes e Noturnos, batalhando há séculos entre os altos pinheiros da Floresta dos Lamentos. Uma insistência nobre em mal-nascidos em permanecerem envoltos em suas raízes profundas. Agora imagine o fim de uma tradição sangrenta como essa. O mundo estaria, definitivamente, em paz. Certo? Você espera que eu diga "errado". Mas na verdade, o certo a esperar era que não se fizesse a pergunta "certo?", pois em uma história, o mundo não fica em paz no começo. Então digo, caro amigo e apreciador da boa e velha arte de escrever, este é o começo do fim de uma história. Não essa história. A história dos homens."

5- O que seu livo representa pra você como escritor? 


O meu livro é o que me afirma como escritor para o mundo. É o meu refúgio, é o meu lugar. O meu livro sou eu. Simples assim.

6- Que conselho daria pra quem quer começar a escrever agora?


Eu aconselho a sempre ler! Sempre! Não existe bom escritor que não leia. E leia de tudo. Todos os gêneros, pelo menos uma vez. Depois de ter lido e visto o que você gosta, ai você foca nisso, se inspira nesse gênero, pesquise e escreva. Mas tenha muita paciência. Para ser escritor é preciso esperar muitas coisas. Manter a calma é essencial. É preciso estar preparado para muitas decepções. Muitas noites sem dormir, muitas dores de cabeça. E é preciso trabalhar muito. Todos os dias se deve escrever algo. Todos. Os. Dias. E, claro, é preciso compreender que escrever é uma arte para poucos.
Link's mencionados pelo autor:
Beijos, até a próxima!

2 comentários:

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo